Dante Alighieri. Lírica, Soneto XI

24 01 2009

“Tanto amor traz no olhar a minha amada
Que quem a vê, de vê-la se enobrece;
Todos se voltam quando ela aparece
E àquele a quem saúda ao ser saudada,
Treme-lhe o peito, o rosto empalidece,
Que sente, suspiroso, a alma culpada
E os ódios e a soberba logo esquece.
Louvai comigo, damas: – que a adorada
Dama que eu louvo, nossa voz consagre.
Ela traz a doçura que enternece
E louva a quem viu (que assim se exalta).
Para falar do seu sorriso falta
Palavra à idéia, que ela mais parece
Milagre novo e bem gentil milagre.”

Anúncios

Ações

Information

One response

26 01 2009
Laura Freire

Lindo Lindo Lindo Lindoooooooooo!!!!!!!!!!

Lindíssimo, belíssimo, magnífico, magnânimo!!!

Meu Deus do Céu!!! Fiquei emocionada!!!!

Um milhão de parabéns a Lu.!!!!!!!!!!!

Ô menina sortuda!!!! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: