O retorno ao ego

24 04 2009

Introspectivo

A sociedade contemporânea precisa desesperadamente de barulho…

Corremos para todos os lados, e tudo precisa ser imediato. O prazer não pode ser limitado por nada e nem por ninguém. As festas precisam ser ilimitadas. Beber é pouco… O coma alcoólico é o objetivo.

E tudo isso por que?

Para não olhar para realidade interna e externa. O uso da droga é apenas um dos eventos de alheiamento qun nos oferecem. Qualquer tipo de adicto está ausente de si mesmo. O ser-eu extingue-se com o foco tirado do centro. Trabalhar, festejar, farrear, drogar são o mesmo se o objetivo é fugir de si mesmo.

odio

Novamente nos encontramos na esfera que o não-eu é justamente impeditivo para o altruísmo. O “Outro” é causa de espelhamento para o eu. A imagem pode não ser agradável de se ver. O que vemos no Outro é também espelho.

Por isso que em uma festa podem estar todos dançando e se divertindo coletivamente sós.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: