Frases do mestre da Psicanálise

31 05 2009

 

AUSTRIA FREUD ANNIVERSARY

“A questão fatídica para a espécie humana parece-me ser saber se, e até que ponto, seu desenvolvimento cultural conseguirá dominar a perturbação de sua vida comunal causada pelo instinto humano de agressão e autodestruição;
Talvez, precise precise com relação a isso, a época atual mereça um interesse especial. Os homens adquiriram sobre as forças da natureza um tal controle, que, com a sua ajuda, não teriam dificuldades em se exterminarem uns aos outros, até o último homem. ”
FREUD, Sigmund. O Mal-estar da civilização.

Anúncios

Ações

Information

5 responses

1 06 2009
Laura Freire

E por que não fizeram isso ainda? Há mais de 70 anos que Freud constatou e escreveu isso. E olha que a cultura já mudou muito de lá pra cá, a tecnologia avançou horrores… já teve uma outra guerra depois que ele escreveu essa obra… E eu ainda estou aqui. Por quê?

E olha que a própria cultura incentiva muitos instintos de destruição…

3 06 2009
Freudson

Eu diria…
… Que bom que AINDA estamos aqui. A Pulsão de Morte não conseguiu vencer a Pulsão de Vida… Ainda…

8 06 2009
augusto santiago du pin

Caros amigos

Verdade ou não espanta sobre o pensamento freudianio da psicose ( nos casos dos surtos que vivenciei há poucos dias ) o grau de realidade oculta e impregnada no nosso dia, menos em uma outra cidade do País. Creiam essa força está aí, cabe-nos evitá-las o quanto antes com paciência infelizmente no meu caso a base de tratamento médico ( psiquiatrico ) que não é nenhum bicho de sete cabeça ou vergonha … ruim é tentar escon der com pó embaixo do tapete.

9 06 2009
Freudson

Certamente Augusto Santiago,

Você e boa parcela da população mundial são portadores. Não é nenhum “bicho de sete cabeças”. Uma condição que, como a miopia ou diabete, pode ser tratada.
Olhar a verdade pode ofuscar um pouco os olhos, incomodar, mas logo se acostuma com ela, ainda que dura algumas vezes.
Quanto a Freud e sua visão da psicose… Não foi muito explorado a contento pelo iniciador da Psicanálise, pois o mesmo centrava-se na neurose e só falava nas outras formas psíquicas de existir (perverso e psicótico) para embasar a sua teoria. Lacan se ateve mais ao tema.
Certamente não se pretende esconder o pó por baixo do tapete!
Abraço,

M.

11 06 2009
Laura Freire

Senhores…

Não se pode esconder com pó embaixo do tapete algo que salta aos olhos, às evidências, algo que é inegável.

O que se tenta (e não podemos deixar que acontecer) esconder COMO pó embaixo do tapete são as forças contrárias a tudo isso… as forças que podem resistir à guerra e, por vezes, ganhar algumas batalhas.

Não podemos esconder o que acontece ao nosso redor ou conosco… mas também não podemos esconder o que dentro e fora de nós acontece para evitar a destruição.

Parabéns, Agusto. Você é um cara de coragem. Um guerreiro. Pelo simples fato de assumir assim uma coisa que tanta gente esconde, já é um vencedor da hipocrisia. Já te deixa preparado pra vencer as outras batalhas. Boa sorte! Deus te ilumine!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: