Baixa tolerância à frustração. Por Marcelino Lira

21 06 2009

proibido

No uso de minhas atribuições lido com pessoas, e com elas, preciso tomar decisões.

Nem sempre o que me é pedido pode ser concedido, o que parece muito claro para maioria das pessoas. Disse maioria porque alguns indivíduos acham que essa realidade deve ser aplicada aos outros e não a eles mesmos, e, ainda, que todos os seus desejos devem ser satisfeitos.

A figura da “lei” interditando o comportamento do sujeito parece que não foi bem fixado quando deveria (No período edipiano)…

A relação de desejo da mãe aliada ao desejo do filho encontra a barreira na figura do pai. O pai traz a mãe de volta ao leito matrimonial, enquanto que o filho desejante da mãe aprende a perceber que a luta contra esse rival é inócua. O pai representa o “não” que qualquer pessoa vai enfrentar pela vida. Nem todo comportamento pode ser admitido. O objeto de satisfação (mãe) está obstaculado por um comando.

O “menino”, em sentido psicanalítico, não gosta de ser contrariado. Fica vermelho, vocifera, altera a respiração, gesticula em excesso, chora, grita etc. No bebê e no adulto que não vivenciou eficientemente a lei que impõe o “não”.

Alguns percebem a função e motivação do “não”, outros ainda permanecem como bebês emocionais.

Anúncios

Ações

Information

3 responses

25 06 2009
Laura Freire

É “frustração”!

Tá certo que não é pra vir com histórias gramaticais, mas, neste caso, não se trata de gramática, mas de ortografia!

Então pode, né? 🙂

25 06 2009
Freudson

Erro meu!
Não digitei direito…
Já está corrigido Laura.

M.

25 06 2009
Laura Freire

Agora sim! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: