A sociedade gasosa. (Marcelino Lira).

9 01 2017

a

(homenagem a Zygmunt Bauman)

 

O que é a solidez?

Podemos dizer que existem na sociedade contemporânea algo em que a cambaleante alma humana possa se apoiar? Sob os seus pés existe um chão que ele possa pisar com firmeza? Existe um apoio que suas mãos tateantes possam alcançar?

Sobre essa sociedade que falava Bauman, um homem quase centenário que viu muito em sua vida. Guerras mundiais, crises econômicas, crises políticas… Crises, crises, crises…

Tudo foi ficando mais líquido. A firmeza cada vez mais dá lugar a uma pastosidade que vai tragando o humano até que a liquidez tome forma ao redor dele. Tudo é líquido… O amor, as relações, a honra… O mundo transformou tudo em “líquido”.

Pobre Bauman… D. Quixote Bauman… Pobre de nós!

Por sua morte choramos, não sem algum alento. Porque ele poderia presenciar coisas mais desagradáveis.

É possível que nem a liquidez seja nossa herança. No líquido, aos que sabem, se pode nadar até que o cansaço se abata e sobrevenha o afogamento.

Será que herdaremos desse mundo o gás?

Ou pior…

O vácuo!

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: